Foto de um bordado chinês tradicional
Sem categoria

Oficina de Bordado: do Sagrado ao Alternativo

Foto de um bordado chinês tradicional
Bordar é uma atividade relaxante, prazerosa, ancestral. Esta oficina explora o ato sagrado de bordar, nos empoderando dele e de seus usos sacros e profanos, tradicionais e alternativos.
 
Formando círculos de bordadeiras, escolhemos os símbolos que vibram nas frequências que queremos e precisamos sintonizar. Retratos e imagens de seres divinos (Deuses, Anjos, Fadas, Elementais, Espíritos de Luz, Mestres), imagens que recebemos em meditações e expressões livres são um agradecimento pela vida e pela luz que habita em nós.
 
A escolha consciente de cores e geometrias produz resultados físicos, emocionais, mentais e espirituais. O ato de bordar, e a imagem final construída, podem converter-se em instrumentos meditativos que falam de nossa verdade interior. Mais do que a busca de um belo que vem de fora, bordar se torna a atividade da procura da beleza interior.
 
A oficina contempla:
 
* Mitos e Contos de Deusas bordadeiras e fiandeiras;
* Meditação de sintonização com as ancestrais tecelãs;
* A escolha da imagem: bordado livre, plantas, deuses e deusas, anjos, mestres, animais de poder, mandalas;
* Técnicas básicas: ponto atrás, ponto cheio, ponto haste, ponto correntinha, ponto matiz, nó francês.
* Materiais alternativos: bordado em papel, lã, barbante
 
Todos os participantes recebem uma seleção de materiais para seu trabalho que inclui agulhas, lã, meadas de linha para bordado, tecido e papel. O conteúdo do curso é apostilado.
 
>>> Oficina de Bordado: do Sagrado ao Alternativo<<<
Domingo, 27 de Maio, das 10h às 16h, com pausa para almoço (não incluído).
As inscrições podem ser feitas até dois dias antes da oficina